Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Noticias > Projeto Solo na Escola/UFCG comemora Dia Mundial do Solo
Início do conteúdo da página
Notícias

Projeto Solo na Escola/UFCG comemora Dia Mundial do Solo

  • Publicado: Sexta, 07 de Dezembro de 2018, 10h09
imagem sem descrição.

Para comemorar o Dia Mundial do Solo o Projeto Solo na Escola/UFCG do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido organizou uma série de atividades realizadas na terça-feira (4) e quarta-feira (5) através de minicursos, palestras e da VI Feira do Solo no Núcleo de Extensão Cultural da UFCG (NEXT).

Na noite da terça-feira, a professora Adriana Meira, coordenadora do Projeto Solo na Escola/UFCG, esteve na Câmara dos Vereadores de Sumé apresentando a proposta da VI Feira do Solo e fazendo um alerta para sensibilizar os legisladores para a propositura de projetos com ênfase no cuidado com o solo.

As atividades comemorativas ao Dia Mundial do Solo foram encerradas no NEXT com o espaço de visitação da VI Feira do Solo, onde foram apresentadas as metodologias lúdicas e interativas desenvolvidas pelo Projeto Solo na Escola/UFCG para popularizar o ensino do solo.

Também ocorreu a premiação do concurso de fotografia "Meu jeito de ver o solo" aos vencedores: Gabriella Alves dos Santos (1º lugar ), do 3º ano médio da Escola E.E.M. Dr. Fenelon Nóbrega do município de Salgadinho (PB), orientada pelo professor Paulo Ragner; Luiz Eduardo Santos Lima (2º lugar ), do 7º ano da Escola José Bonifácio Barbosa de Andrade do Distrito Pio X (Sumé PB), orientado pelo professor Alisson Clauber Mendes de Alencar; João Vitor Caetano dos Santos (3º lugar ), do 6º ano da Escola Agrotécnica de Sumé, sob orientação da professora Cleityane Sabino e, entrega da menção honrosa ao estudante Kleber Djonata Dionísio da Costa, do 7º ano da Escola Municipal Monsenhor Vieira, do município de Salgadinho-PB, que foi orientado pela professora Girliane Oliveira da Silva. As fotografias escolhidas pela comissão avaliadora comporão a exposição do site do Projeto Solo na Escola/UFCG campus Sumé.

“A VI Feira do Solo foi um sucesso, com a recepção de representações das escolas de Amparo, Caraúbas, Salgadinho, Coxixola, Serra Branca, Congo, Monteiro, Sumé, além de Jataúba-PE. Dentre as salas temáticas, o Laboratório Vivo do Solo, organizado pelo técnico Danilson Correia encantou o público visitante”, informou a professora Adriana Meira.

Participaram das atividades da exposição pedagógica estudantes dos cursos de Agroecologia e Engenharia de Biossistemas do CDSA, além da equipe do Pascar-Solo na Escola/UFCG.

Sobre o Dia Mundial do Solo – A Luta contra a Poluição

O Dia Mundial do Solo foi instituído em 2013 pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), a ser comemorado no dia 05 de dezembro, objetivando divulgar a importância dos solos para a manutenção da vida no planeta Terra.

O Dia Mundial do Solo foi uma conquista da IUSS (Sociedade Internacional de Ciência do Solo) e da Global Soil Partnership junto a FAO/ONU. Muitas atividades educativas são desenvolvidas nesta data no mundo todo.

Em 2018 o tema do dia Mundial do Solo é: "Seja a solução à poluição do solo". A FAO juntamente com a Global Soil Partnership está desenvolvendo uma série de atividades para divulgar os principais problemas de poluição dos solos.

A poluição é causada principalmente pelo excesso de químicos nos solos, pelas ações da mineração, siderurgia, da urbanização, do lixo, dos usos de agrovenenos, do abuso dos fertilizantes, dentre outros. Cerca de um terço dos solos do mundo está degradado devido a problemas de manejo e pela ausência de práticas de conservação. E segundo a FAO, dezenas de bilhões de toneladas de solos são perdidas por ano, sendo a poluição uma das causas.

A poluição do solo é uma ameaça oculta, já que não se percebe visualmente, e compromete seriamente a saúde das pessoas e a segurança alimentar, por afetar a qualidade da água, do ar e a produção agropecuária, sendo urgente a sensibilização de todos para o cuidado com esse grande organismo vivo, que sustenta a vida na Terra.

 

(Rosenato Barreto - Assimp CDSA/UFCG)

registrado em:
Fim do conteúdo da página